15.1.09

Banco Fiat: o banco que não existe!

Nós, consumidores, vivemos numa terra sem lei!
Minha mais recente batalha é contra o Banco Fiat.
Comprei um carro por meio de leasing deste banco. Terminei de pagá-lo julho de 2008.
Liguei para o banco para saber da documentação e fui informado que a liberação seria automática. Eu acreditei! Tanto que nem me preocupei em anotar nome do atendente e horário da conversa.
Resolvi trocar de carro no final do ano e coloquei o carro citado como parte do pagamento.
Solicitei a liberação da documentação junto ao Banco Fiat e me assustei com o verdadeiro “manual” que foi enviado para obter o gravame (até agora não sei o que isso significa).
No final de dezembro encaminhei a documentação. Percebendo que existiam duas multas em aberto, cuidei de pagá-las para não ter problemas.
Viajei crente que teria o meu carro novo ao retornar.
Ledo engano!
Quando retornei de viagem procurei saber o que tinha acontecido e descobri que tinha mais uma multa, totalmente fora de propósito, diga-se de passagem, mas, como estava com pressa resolvi pagá-la.
No dia 9/01 mandei os comprovantes, inclusive das duas multas anteriores, por fax para o tal banco que não existe.
A atendente, toda educadinha, disse que poria uma mensagem de urgência no meu caso e no dia 12/1 estaria tudo em ordem.
Liguei novamente na segunda-feira para confirmar a recepção dos comprovantes e para saber a data da liberação do tal gravame. Depois de algum bate-boca fui informado que a liberação ocorreria somente no dia 14/01.
Hoje liguei para confirmar a liberação e fui informado que a postagem do documento ocorrerá até o dia 20!
Solicitei o endereço do banco para retirar o documento: não existe! Solicitei conversar com alguém que pudesse me ajudar quanto ao problema: não existe!
Não temos a quem recorrer num caso como este.
Amanhã dedicarei meu dia para o PROCON e buscar um advogado!
Enquanto isso recomendo aos amigos: não façam negócios com o Banco Fiat e não façam negócios com o Itaú!

4 comentários:

Renato disse...

bom,
Banco fiat, gm e similares são empresas de agiotagem oficializadas na minha opniao.
sobre o itau, ou quaklquer outro banco, está na hora de se averiguar a origem de tanto lucro para quem nao produz nada...........

e meu caro Toni, boa sorte na sua batalha e com seu novo carro

Renato Couto disse...

O gravame em resumo, é uma informação passada ao Detran, de que há algum tipo de financiamento com o seu veículo, não podendo o mesmo ser vendido, já que no caso, este financiamento acabou, é RESPONSABILIDADE do Banco Fiat, proceder a baixa do mesmo...
Professor, provavelmente o banco ofereceu a melhor taxa, no caso, o produto de preço mais baixo, então, desconfie do serviço...
Também sou vítima destas empresas virtuais, estou em briga há um mês com a NET...no meu caso, não tenho para onde correr, pois todas são assim (TVA e NET), além de ser um oligopólio descarado, mas o banco, você terá outras opções, no futuro, procure o BB...
Abraços.

Prof Toni disse...

Renato, apesar dos avanços na proteção ao consumidor ainda somos capenga no exercício dos nossos direitos e, muitas vezes, reféns de monopólios descarados. Eu continuo a me lamentar por ter feito negócio com o Banco Fiat...

Erika disse...

Meu nome é Erika e comprei tbm o carro na fiat leasing a 3 meses atrás tinha um comprador certeiro para a compra..fui finalmente no detran fazer vistoria, e todo o tramite legal na hora H vi que contava ainda alienado...09 anos ele quitado..!!!Estou na briga com a fiat!argumentei com a juiza do caso que nós compradores não estamos na ilegalidade por a não transferência, a não ser uma multa que gera no detran, mais fora isso nada...a financeira tem por obrigação dar baixa..coisa que não faz por que tem muitos casos como o meu!Esse é o numero do meu processo caso queira acompanhar!
2010.01.1.071717-9 Valeu Erika