31.8.07

Direito à memória e à verdade

Finalmente o governo Lula faz um gesto no sentido de pôr fim ao silêncio oficial sobre as torturas praticadas pelos militares durante a ditadura.
Foi lançado nesta quarta-feira (29/7) o livro Direito à memória e à verdade. Nele o Estado reconhece as barbaridades cometidas pelos de farda, como tortura, morte, desaparecimentos, suicídios etc.
Este livro não será vendido nas livrarias, mas será distribuído para as bibliotecas e instituições de pesquisa país afora. Caso queira lê-lo, o jornal O Estado de S.Paulo oferece a versão completa, em formato pdf, basta clicar no link abaixo:
http://www.estadao.com.br/ext/especiais/2007/08/direitoamemoriaeaverdade.pdf

7 comentários:

Quim disse...

deixo meus comentários no Homicídios.

-quim

Anônimo disse...

Deixo comentários no Homicídios.

Prof Toni disse...

Acho que seus comentários entram como de BH...rs

Manu disse...

Olá Toni...

acredito que seja muito relevante o fato de que esse documento não seja comercializado, mas tb é importante de que esteja ao alcance de todos.

Esse documento é um patrimônio da nossa história, é uma pena que não seja tão completo, e que muitos documentos "desapareceram", e muitas informações estejam tão soltas no tempo, e na memória de alguns.

Penso que às vezes nosso país quer esquecer de fatos que ainda hj se fazem presentes. Espero que esse trabalho sirva para inspirar as novas gerações a lutarem por um mundo acima de tudo mais humano.

ces2 disse...

Olá professor Toni...Desculpe-me se isto já foi comentado (não procurei no Blog!
O quê irá acontecer, em outubro, quando "vencer" a conscessão

ces2 disse...

Cesar, ca_sousa@msn.com

Olá! Professor Toni...
Desculpe comentar isso, se já não foi comentado,(não pesquisei no seu Blog!)
O que vai acontecer em outubro, quando vencer as concessões de várias empresas de mídia, inclusive as da rede globo?
Pois ela, já mostrou o seu repúdio em relação ao lançamento deste livro...(será um "rabo preso"?)rs
(Como li na Carta Maior, artigo escrito pelo colunista Gilson Caroni Filho)...
O que dá pra esperar do "processo"? Sua concessão poderia ser "cassada" como no caso da RCTV? ou isso é sonho!?

Prof Toni disse...

Cesar, não vai acontecer nada! O governo Lula furou com o compromisso de democratização da mídia até o momento, duvido que vá mudar até outubro, ainda mais depois da Marta Suplicy rebatizar uma avenida com o nome do "jornalista" Roberto Marinho e o próprio Lula ter nomeado um empregado-sócio da Globo para o ministério das concessões, digo, comunicações.