23.9.06

Eleições: reta final

Estava ansioso pelas semanais, afinal depois de uma campanha morna, alguns quadros do PT resolveram colocar água na fervura da direita, com uma manobra digna de virar piada: a tentativa de comprar um dossiê sobre o envolvimento dos tucanos com a máfia das ambulâncias.
Vamos ver o que elas nos trouxeram, a começar pela Veja (argh!).


Veja
Claro que a capa é dedicada ao Lula, mais suave do que a ameaça que circulou pela Internet, mas no conteúdo não amansa. Qualifica o dossiê de falso, único órgão de imprensa a fazê-lo, salvo engano. Desce aos detalhes. Vocifera pela impugnação da candidatura do presidente Lula, embora não ofereça provas consistentes para isso. De resto reproduz declarações de pessoas insuspeitas, dentre elas: Célio Borja (ex-UDN, Arena e PFL), ninguém menos que o Ministro da Justiça de Fernando Collor!
Como não poderia deixar de ser, bate novamente no islamismo. Com uma matéria horrorosa, Islã contra o papa, destila o seu primoroso preconceito.


Istoé
A revista continua na sua linha da semana em que denunciou o esquema da máfia das ambulâncias com os tucanos.
Primeiro conta uma história para boi dormir: Por dentro da reportagem. Chega a ser engraçada a história, mas quem se interessar pode conferir clicando no título acima.
Depois continua batendo. O misterioso Abel, contando as ligações deste empresário piracicabano com o ex-ministro Barjas Negri (hoje prefeito de Piracicaba) é a matéria principal, mas tem prosseguimento com outras denúncias na mesma linha e, para concluir, trata dos escândalo propiciado pelos petistas.


Época
Um pouco mais comedida a revista apresenta em sua matéria de capa a história do dossiê também. Na matéria principal levanta duas questões: isso afetará as eleições? E depois, quais as conseqüências? Clique aqui e veja parte da matéria disponível on-line.
Também apresenta uma matéria sobre as besteiras do papa, embora mais equilibrada que a megera, também se coloca pró-ocidente, clique aqui e confira a matéria.

CartaCapital
A capa de CartaCapital está instigante. O conteúdo mais ainda. A começar pela coluna Linha de Frente, de Walter Fanganiello Maierovitch, tratando das bobagens do papa. Compensa a leitura (clique aqui para fazê-lo).
Com relação às eleições uma análise de Marcos Coimbra, do Instituto Vox Populi merece destaque (clique aqui para ler).
Em A Semana (clique no título para ler) as opiniões da revista. Precisas.
Infelizmente a matéria sobre o papa reacionário e suas bobagens não está on-line, mas pelo título dá pra ter uma idéia: “DE VOLTA ÀS CRUZADAS?”.

2 comentários:

Geraldo disse...

Como diriam nossos alunos, "VÉIO", cada vez mais acredito na democracia do gato e do rato. Ele, gato, dá a liberdade de o rato se sentir livre ANTES DE SER DEVORADO. Deus salve nossa democracia brasileira...

Um abraço,

Geraldo

PS. como aquela revistinha que quer a gente a VEJA é ordinária...neste golpe branco, uma imagem fala mais que mil palavras 9 desculpe-me a pobreza do jargão...0

Mário disse...

Mais uma travessura dos moleques delinquentes da estrelinha vermelha. Inconsequente pode nos trazer um pederasta da Opus dei na presidência.
Será que até isso eles vão conseguir!