26.10.06

Educação na pauta

Interessante como vários jornalistas valorizaram a pregação do Cristovam Buarque com relação à educação.
Mais interessante ainda é perceber que, passados alguns dias do primeiro turno, ninguém toca mais no assunto, exceto por farpas trocadas entre os dois sobreviventes na disputa eleitoral.
Temos que pensar a educação como um movimento de toda a sociedade. Sem o acesso a uma educação pública de qualidade jamais iremos a lugar algum como nação. Estaremos sempre numa posição subalterna, encolhidos, subservientes, esperando pelas migalhas que nos mandam os países que “pensam”. Seremos eternos executores, mão-de-obra braçal.
Ainda penso a educação como atividade libertadora, talvez por isso o desespero quando olho os programas de governo, dos dois candidatos, e vejo ali somente um alinhavado de boas intenções, que desaparecerão no ar passado o dia 29/10.
Uma luz, tênue, diz respeito a proposta do Lula de fazer da educação à distância uma ferramenta para melhor qualificação e aperfeiçoamento docente.
Claro que isso só não basta, mas um professor melhor preparado saberá exigir os seus direitos como profissional e zelará por uma escola de qualidade, pois será parte integrante dela e do processo educacional.
Os governos de plantão culpam sempre os professores “mal preparados” pela péssima qualidade de ensino. Esquecem de mencionar os péssimos salários e as péssimas condições de trabalho reinantes em grande parte da rede pública, com honrosas exceções.

3 comentários:

Tiago Bezerra disse...

Professor,

É uma pena que as idéias de Cristovam Buarque tenham ficado camufladas durante o 2º turno. Porém, elas não deixaram de obter a aprovação da sociedade. Foi a "única" proposta/candidato aplaudido por Lulistas e Alckmistas.

E é por isso que peço o seu apoio, pois criei uma comunidade no orkut em prol de CB.

Cristovam Buarque para Ministro da Educação!
http://www.orkut.com/Community.aspx?cmm=22374549

Caso possa divulgá-la para mim (nós, o Brasil), ficarei muito agradecido.

Um abraço,
Tiago Bezerra

Vinícius disse...

Professor, façamos da esperança um exercício diário. Também tenho tido bons olhos para a EaD. Abraços. VMP

Prof Toni disse...

Thiago, acho difícil o pleito, até porque o dito cujo declarou voto no Alckmin. A gestão do Cristovão tem que ser melhor avaliada, você precisa conversar com gente que trabalhou com ele no ministério.