28.10.06

Impressões finais

O debate, como os outros, não mudou votos, pode ter ajudado aos indecisos e olhe lá!
Continuo achando que Lula faz mais o jeitão do “gente como a gente”, isso impressiona positivamente uma parte do eleitorado, por outro lado distancia aqueles que preferem um discurso mais arrumado, mais duro, professoral, como é o do Alckmin.
Não posso negligenciar nesse texto o meu voto, ele será dado ao Lula, não por achá-lo o melhor, mas por achar o outro muito pior! Aliás, ouvi isso hoje durante o dia...
Conversava há pouco com meu sobrinho, 14 anos. Ele sentiu que o Alckmin não foi muito objetivo ao responder, na sua maneira adolescente (inteligente) de ver “ele enrolava muito”. Isso causa péssima impressão aos mais atentos, mas agrada aqueles que preferem o desfiar de palavras bonitas que nada dizem, impressiona mesmo!
Fico com a avaliação do Luis Nassif: Lula ganhou por pontos!
O formato foi péssimo! Aquele negócio dos candidatos ficarem rodando de um lado para o outro, valha-me! Só seria interessante se houvesse um bloco destinado a pancadaria, como a idéia não é essa ficou tudo muito estranho.
A idéia de sortear perguntas do povo é boa, com as ressalvas que fiz no primeiro texto, pena que alguns temas tornaram-se redundantes.

Um comentário:

Cris disse...

Agradeço por ter publicado suas impressões sobre o debate, tenho certeza de que não divergiriam muito das minhas... Consegui ver as últimas palavras de cada canditado e o comentário após o debate... foi simplesmente ridícula a maneira como Alckmin implorou por votos, porque é realmente contraditória a imagem de um homem tão bem educado, detentor de uma excelente retórica, utilizando-se de um recurso tão simplório e vazio como o apelo emocional. Aff.